Saiba quando usar o SDK e suas vantagens para o seu negócio

No mundo da tecnologia, sobretudo no ramo da programação, utiliza-se muitas siglas e jargões. Um deles é o SDK, difundido, especialmente, na hora de falar sobre produtos e serviços com a equipe de desenvolvimento de software.

A sigla vem do inglês Software Development Kit e diz respeito a uma inovação, que promove agilidade e facilidade para os clientes das empresas que adotam a solução.

Por isso, o entendimento do conceito de SDK é extremamente relevante. Isso porque proporciona vantagens para as empresas, capazes de melhorar a experiência do usuário e alavancar os resultados e o posicionamento da marca, acrescentando novas funcionalidades sem a necessidade de desenvolvimento interno do software.

Além do mais, muitos ainda confundem SDK com API, outra ferramenta utilizada para a comunicação na web.

E você sabe o que é SDK? Qual a diferença entre a API? Neste artigo, você encontrará essas respostas, irá entender as vantagens do SDK e por que essa solução é importante para seu negócio.

  • O que é SDK
  • Diferenças entre SDK e API
  • Vantagens do SDK
  • Cuidados que você precisa tomar
  • Como implementar

O que é SDK

Também conhecemos o SDK como devkit e consiste em um conjunto de ferramentas e programas, normalmente oferecidas pelo fornecedor de uma plataforma hardware, um sistema operacional ou uma linguagem de programação.

Os desenvolvedores utilizam os SDK, pois auxiliam na construção de aplicações específicas, de acordo com a necessidade da plataforma.

Esse kit deve conter ferramentas e informações suficientes para a criação da aplicação a que se destina.

Por isso, é fundamental que haja uma documentação relevante que inclua bibliotecas, explicação de processos, exemplos de códigos e qualquer outra informação relevante.

Tais informações funcionarão como um guia para que os desenvolvedores possam usar e integrar seus aplicativos, reduzindo a complexidade de criação.

Existem SDKs que permitem criar soluções para as principais plataformas, como Android, Windows e iOS. Porém, o mais importante é verificar se o kit agrega valor ao negócio, facilita a demanda dos desenvolvedores e atende os anseios da empresa.

Dessa forma, um bom SDK deve ser uma solução de uso fácil, que possua uma documentação detalhada e explicativa do funcionamento dos códigos para programação.

Além disso, as funcionalidades precisam ser suficientes para contribuir com outras aplicações, a fim de impactar positivamente no desempenho do produto criado e ter uma boa interação com outros SDKs.

Diferenças entre SDK e API

Há uma relação de extrema importância entre SDKs e APIs, mas antes de entender essa relação e as diferenças, é necessário compreender o conceito de API.

API é uma sigla do inglês para Application Programming Interface, traduzido como Interface de Programação de Aplicações.

Logo, uma API é uma interface de comunicação. Essas interfaces são usadas para que as aplicações se comuniquem entre si. Dessa forma, a API estabelece as regras de comunicação entre uma aplicação e outra.

Algumas APIs dependem de tipos específicos de linguagem, enquanto outras podem ter seu uso feito com múltiplas linguagens de programação, seguindo as mesmas estruturas de dados e as rotinas estabelecidas pelo provedor ou por protocolo de comunicação

De maneira que, a diferença entre SDK e API consiste em suas funcionalidades. Enquanto a API representa a comunicação entre uma aplicação ou componente, o SDK é uma série de componentes pré estabelecidos.

Esses componentes do SDK podem ser montados e customizados para construir um produto de software, podendo conter APIs para demandas específicas.

Ou seja, apesar de o SDK conter APIs, nem todas as APIs compõem um SDK. Contudo, os SDKs garantem que a implantação da API seja de maneira correta. Desse modo, irá reduzir o trabalho do desenvolvedor.

O SDK também fornece, por muitas vezes, recursos aprimorados sobre as APIs. O que resulta em uma melhora na usabilidade. Sem falar no auxílio das atualizações, facilitando o manuseio de deprecações para APIs específicas, de nível inferior.

Se usarmos uma forma prática e simples de comparação para simplificar os conceitos, podemos determinar a API como uma linha telefônica em uma casa que possibilita a comunicação.

Por sua vez, o SDK é a própria casa que pode conter a API, assim como outros componentes que facilitarão na implementação de funcionalidades.

Vantagens do SDK

Utilizar um bom SDK proporciona vários benefícios para a empresa. Mas antes de qualquer passo, é fundamental entender que um devkit de qualidade deve possuir algumas características que facilitem sua utilização.

Esse é o pré-requisito essencial para que um SDK favoreça a empresa com benefícios que irão facilitar as atividades do negócio.

Agora que já conhece o SDK, veja as vantagens que você poderá extrair na sua organização:

Redução de custos e integração simplificada

Como vimos anteriormente, o SDK possui mais funcionalidades do que a API, de maneira prévia. Dessa forma, ele torna o processo de integração ainda mais simplificado.

Além disso, os SDKs oferecem suporte e instruções que são fundamentais para que o time da empresa possa integrá-lo sem que haja imprevistos.

Assim, emprega-se menos nas tarefas e consequentemente investe-se menos recursos tanto em materiais quanto com a mão de obra.

Mais segurança

Os kits são feitos por empresas com especialização. Por isso, seu negócio irá contar com a tranquilidade de utilizar uma solução que foi feita por profissionais experientes no mercado.

Logo, será possível contar com uma ferramenta segura, que visa prevenir os problemas de vulnerabilidade e que proporciona os níveis de confiabilidade esperados.

Lançamento de produtos em um tempo menor

No SDK, os processos são determinados previamente. O que possibilita uma redução no tempo de trabalho dos desenvolvedores, reduz erros, quantidade de testes e, no geral, toda a burocracia e complexidade que envolve o lançamento de uma nova aplicação.

Portanto, com o auxílio do SDK, sua empresa conseguirá reduzir significativamente o tempo de lançamento dos produtos, podendo criar ferramentas mais rápidas e eficientes.

Cuidados que você precisa tomar

Inegavelmente, integrar um SDK no negócio proporciona vantagens que toda empresa deseja. Mas, mesmo com todas as vantagens, é preciso estar atento sobre as características do kit que você vai contratar. Bem como as necessidades que precisam de atendimento em seu negócio.

Um dos primeiros pontos é compatibilidade. Pois é importante verificar se o SDK é compatível com o sistema e ambiente de execução do seu software .

Desse modo, deve-se definir uma versão base do sistema compatível com o SDK, verificando se as futuras versões conseguirão fornecer o suporte à versão inicial.

Além disso, o SDK, especialmente os voltados para mobiles, devem atender os requisitos que se espera fornecendo funcionalidades máximas.

Nesse sentido, é preciso analisar alguns fatores como:

  • Bateria: é preciso evitar SDKs com ações que esgotam a bateria do dispositivo do usuário. Como por exemplo, pesquisas persistentes de rede, processamentos intensivos em segundo plano e atualizações sobre localização frequentemente.
  • Memória: vazamentos de memória de SDK recebem feedbacks negativos, por isso é preciso testar regularmente e executar instrumentos para alocação de vazamentos de memória. Esteja atento a isso antes de contratar.
  • Desempenho: é importante realizar a verificação do desempenho do SDK antes de enviar para os desenvolvedores. Isso para que riscos não afetem o aplicativo host durante o uso. Por isso, analise o desempenho da solução antes da implementação.
  • Uso de rede: as solicitações de uso de dados precisam de contenção, pois nem todo usuário possui planos ilimitados ou possuem uma rede que garanta a cobertura de qualidade.

Como implementar

Através dessas informações, você já percebeu que o SDK é uma solução que facilita os processos nas empresas, sobretudo, no cenário crescente de utilização dos smartphones.

A necessidade de softwares que facilitem a execução de tarefas só aumenta. Pois, a experiência do usuário é chave de sucesso para qualquer negócio.

E se a interface da sua empresa não for intuitiva e não oferecer um relacionamento amigável para o seu cliente, tenha certeza que ele irá buscar concorrentes que possam proporcionar a satisfação que ele busca.

Proporcionar a melhor experiência para o usuário só é possível com simplicidade e desenvolvimento na implementação de forma ágil. O que o SDK proporciona. Assim, busque opções que aumentem a conversão em sua empresa, com modernidade.

Pensando nisso a Gryfo tem se dedicado na criação de tecnologias do futuro com base em inteligência artificial e aprendizado computacional.

Desenvolvemos um SDK prático e eficiente para a verificação de identidade por reconhecimento facial com 99,8% de acertos, de fácil implementação e que proporciona, pelo menos, 50% de economia.

O SDK de reconhecimento facial da Gryfo garante a segurança e conformidade que sua empresa precisa, substituindo as tecnologias de alto custo, baseadas em hardware, por soluções alicerçadas em software capaz de integrar e funcionar com equipamentos e sistemas já utilizados.

Quer melhorar seus negócios, tornar sua empresa sólida, relevante e atualizada no mercado? Então, entre em contato com um de nossos consultores para receber detalhes e veja como a Gryfo vai melhorar os resultados de sua empresa. Estamos te esperando!

Originally published at https://gryfo.com.br on April 26, 2021.

Inteligência em Imagens | Vídeos Analíticos | Controle de Processos

Inteligência em Imagens | Vídeos Analíticos | Controle de Processos